Publicada em 12/09/2017 às 11:27

Lentilha baixa o colesterol e afasta o diabetes

Oferece minerais como o ferro, o magnésio e o fósforo, trio que dá um chega pra lá no cansaço. Uma de suas maiores riquezas, no entanto, é mesmo a quantidade de fibras.

Incluir a lentilha na rotina traz inúmeras vantagens (Foto: Alex Silva/A2 Estúdio)

Sorte de quem inclui a lentilha no dia a dia e não apenas nas celebrações da passagem de ano. A escolhida como símbolo da fartura na festa de Réveillon ostenta vantagens ao corpo. Embora aqui no Brasil ela não esteja no cotidiano, na Europa e na Ásia — sua terra natal, diga-se — marca presença nas mais variadas preparações, sendo uma das principais fontes proteicas em locais onde o vegetarianismo sobressai, caso da Índia.

Também oferece minerais como o ferro, o magnésio e o fósforo, trio que dá um chega pra lá no cansaço. Uma de suas maiores riquezas, no entanto, é mesm88o a quantidade de fibras.

Aliás, essa opulência faz com que alguns fujam do alimento por temer os desconfortáveis gases. Uma estratégia para evitar o problema é deixar os grãos de molho durante a noite e trocar a água antes do cozimento.

Também é fundamental caprichar na mastigação. Vale a pena, até porque é justamente pelo seu alto teor fibroso que a leguminosa é apontada como uma senhora protetora do peito.

Veja ainda:

Publicada em 12/09/2017 as 10:55

Uma gordura que faz bem para o cérebro

Alimentos que esbanjam a versão monoinsaturada turbinariam o foco e até a capacidade de resolver problemas.

Publicada em 12/09/2017 as 09:15

Principais dúvidas sobre o surto de febre amarela

Ela se apresenta em duas formas: urbana, quando é transmitida pelo Aedes aegypti; e silvestre, quando transmitida pelo Haemagogus e Sabethe.

Publicada em 11/09/2017 as 17:53

Entenda a relação entre o câncer de colo de útero e o HPV

O câncer de colo de útero é um dos mais importantes e frequentes que encontramos. No mundo, estimaram-se 530.000 casos novos e 275.000 mortes, só em 2008.

Publicada em 11/09/2017 as 16:45

Anestesia geral: conheça os riscos, vantagens, efeitos colaterais e secundários

A anestesia geral é uma técnica para provocar inconsciência completa, abolição da dor (analgesia/anestesia), paralisia muscular, abolição dos reflexos e relaxamento do paciente.

Autor: Regina Célia Pereira
Fonte: saude.abril.com.br

Comente com o Facebook