Publicada em 12/02/2018 às 13:49

Dor no ombro: Quais as possível causas, características e tratamentos

O ombro é uma das articulações mais complexas do corpo e a que têm maior mobilidade. Por isso, é também uma das que mais frequentemente causam problemas às pessoas.

Resultado de imagem para dor no ombro

Anatomia do ombro

O ombro é uma das articulações mais complexas do corpo e a que têm maior mobilidade. Por isso, é também uma das que mais frequentemente causam problemas às pessoas.

Fazem parte da articulação do ombro a clavícula, a omoplata ou escápula e o úmero, a extremidade dos quais é coberta por cartilagens que amortecem o atrito e ampliam as possibilidades de movimento. Numa das extremidades, a clavícula se articula com o esterno e na outra com o acrômio, que se liga também à escápula. Assim, existem de fato duas articulações diferentes no ombro: a da clavícula com o acrômio e a do ombro propriamente dito com o úmero (osso do braço). Isso sem falar na falsa articulação da omoplata, que gira no tórax (costas) durante o movimento de elevação do braço.

Ademais, a articulação do ombro ainda compreende tendões musculares, que comandam os movimentos, e uma bursa (do latim: bursa = bolsa), que serve como “almofada” de amortecimento dos impactos sofridos por essa articulação e que secreta o líquido lubrificante dela.

Quais são as causas da dor no ombro?

A dor no ombro pode ser causada por alterações em qualquer uma de suas estruturas, devido a lesões, traumatismos, deslocamentos, inflamações, tendinites, etc. Ela geralmente piora com a atividade ou durante os movimentos do braço.

A bursite, uma inflamação provocada na bursa por algum problema mecânico, é uma das causas mais frequentes e típicas de dor no ombro. É comum, também, a luxação do ombro, em que o braço é separado da cavidade na qual ele está normalmente inserido. Doenças e distúrbios que afetam o tórax ou abdome (como a doença cardíaca ou da vesícula biliar, por exemplo) também podem causar dor (reflexa) no ombro.

 

Como Mulheres Estão Vencendo o Estresse, a Ansiedade e Dores Crônicas Sem Remédios

4 fatores que comprovadamente disparam crises de dor de cabeça

Varizes pioram com as altas temperaturas do verão

As doenças que mais frequentemente causam dor no ombro são (1) tendinite, (2) bursite, (3) osteoartrite, (4) distensões e deslocamentos, (5) capsulite adesiva (ombro congelado), (6) problemas do manguito rotador e (7) compressão do manguito rotador.

Quais são as principais características clínicas da dor no ombro?

Depois da dor na coluna, as dores no ombro talvez sejam a queixa mais frequente ouvida nos consultórios dos ortopedistas. Ela pode ocorrer indistintamente em crianças, adultos ou idosos, do sexo masculino ou feminino, esportistas ou sedentários. É mais comum em atletas que utilizam a articulação em excesso, como jogadores de tênis, nadadores e ginastas, por exemplo, e em idosos, devido ao desgaste natural da articulação.

Muitas dessas dores limitam movimentos simples, como erguer e abaixar os braços, e costumam piorar quando a pessoa se deita. Em muitos casos, as dores no ombro são sintomas de lesões provocadas por movimentos repetitivos que machucam os tendões e por processos degenerativos que ocorrem depois dos 40-50 anos de idade. Quando a dor se origina de alguma outra estrutura fora do ombro, é chamada de dor referida e não impede nem piora a movimentação do ombro. Em casos de ruptura dos ligamentos, pode ocorrer um posicionamento anormal das estruturas ósseas.

Uma situação especial é a que se refere à dor no braço esquerdo, pois ela pode estar associada a problemas cardíacos. No entanto, em muitas ocasiões, esse não é o caso e deve-se determinar quais outros sintomas estão associados à dor no braço esquerdo para melhor esclarecer a situação. Embora as pessoas com angina pectoris experimentem dor no peito, que pode se irradiar para o ombro, existem várias outras razões de dor no ombro e braço esquerdos. O médico deve sempre ser consultado para esclarecer qual é o diagnóstico correto.

Como o médico trata a dor no ombro?

O tratamento da dor no ombro pode ser clínico ou cirúrgico, dependendo da natureza do problema. A cirurgia feita por meio da artroscopia representa um avanço considerável, porque evita complicações inerentes ao ato cirúrgico aberto. Normalmente, se causada por uma inflamação temporária das estruturas do ombro, pode ser aliviada com a aplicação de gelo no local.

Autor: abc.med.br
Fonte: abc.med.br

Comente com o Facebook